quarta-feira, 22 de junho de 2011

oh the edge

De repente a ficha caiu. a centelha se acendeu, e a paciência se esgotou. Acho que em mim chegou aquela hora em que vi na minha frente, todas as desgraças, feridas e estragos causados em nome de Deus, da Igreja cristã, seja ela evangélica ou católica. Sinto raiva, sinto ódio em notar o quanto vidas foram arruinadas por pessoas hipócritas e imundas que usavam o nome de Deus para justificar sua ganância e dominação, pra legitimar sua fome por poder dinheiro e manter o status dominante. nada disso que falo é novo.

Mas não tenho mais estômago pra ler comentários e crenças podres. venenosas. sem argumentos, sem inteligência. estou enojado e com muita raiva. Não sei do que sou capaz de fazer com quem aparecer na minha frente disseminando mais preconceito contra gays ou qualquer tipo de afronta aos direitos básicos humanos. Preciso expressar essa revolta, preciso fazer algum trabalho de arte que sustente e tenha alguma força nesse sentido. preciso agir de alguma forma. Estou no meio da minha vida, não posso mais perder tempo.

6 comentários:

Mad Zérro Blog disse...

Falou tudo!!!!

CarlosGea disse...

Hiya!! Sorry in advance, I don't speak Brazilian and my english is really poor...
I just want to say that I agree with you and that you are not alone in your fight!
Good luck men, I love your work!
Greetings from Spain!!

Germano disse...

Revoltante esses ignorantes comentários, de fato.
Importante também não ficarmos só na revolta, a sua proposta de fazer arte é muito interessante nesse sentido.

Pedro disse...

Acho que essa hora chegou, pra mim, ainda no Ensino Médio, ao estudar história. Anyway, depois da raiva, do asco e de bater de frente com muita gente, não discuto mais fé com as pessoas (é um dos três grandes tabus de qualquer conversa civilizada); sigo com minhas próprias convicções sobre o Sagrado (que muitas vezes - e pro desgosto da minha família - batem de frente com a fé cristã), tentando respeitar os outros como gostaria de ser respeitado. Acho que é o básico que se espera de qualquer ser (humano ou não).

Quanto a expressar sua revolta (contanto que não da mesma forma que usaram para prejudicar o que fugia à norma), te dou todo apoio.

Inté!

Pedro disse...

By the way, só me lembrei... http://twitpic.com/2ajh63

alex machado disse...

Bem ,é terrível o que esta ocorrendo com a gente,digo,com o brasil,era para ser um pais livre democrático,sem um influencia direta ou indireta nos assunto do estado,mas o que vemos é contrario,temo por um dia isso aqui virá,algo pior que o irã ou alguns piais da África,que que caçam gay como se fossem seres desprovidos de humanidade.estou com vc thiago neste sentimento.