terça-feira, 30 de março de 2010

sinaizinhos

Tive um dia horrível, horrível. me arrastei até aqui. no trabalho, vi que por mais que nos digam que é feio e não profissional expressar sua irritação ou misturar sentimentos pessoais diante de algum problema corporativo, é o contrário que colocam em prática. você não trabalha pra cumprir as demandas que o trabalho pede, de fato. pelo menos não tem sido assim. dois pesos, duas medidas. enfim, não foi só por isso. me frustrei porque não vou poder sair daqui no feriado e ir pra minha cidade. e mais um milhão de frustrações que meu esgotamento não me deixa digitar. mas as vezes sinto que transformei esse espaço bloguístico num cantinho sereno, aconchegante que não sinto em nenhuma outra rede social. bom, no fim do dia, agorinha a pouco, aconteceu uma coisa besta, mínima, mas tão pequena e idiota..que me fez dar o único e primeiro grande sorriso do dia. Tem a ver com vocês, que deixam recados aqui de certo modo. por segundos, eu consegui dar aquela respirada, de verdade.

Um comentário:

Pedro disse...

Bom, é uma forma (bem legal) de se ver as coisas...

(ver pessoas colocando sinceridade no que escrevem também é bem legal)

Anyway, tanto no mundo corporativo, quanto no real sempre haverá frustrações (às vezes sozinhas, às vezes em grupo); cabe a nós procurar nas pequenezas esses preciosos momentos de paz (e possível respiração). Depois de um tempo, você descobre que eles estão em todos os lugares.

(Não me pergunte o porquê, mas super me lembrei de "Amelié" agora...) o.ô