segunda-feira, 1 de junho de 2009

m. f.

muita fome de tudo.
muito apego por nada.
muita vontade de ficar junto do que virá o tempo todo

temos tempo pra planejar nada

todo o nada vem com tudo. tudo passar a ser nada quando a gente descobre que tudo aquilo não é nada que a gente esperava que fosse ser.

tudo tem uma validade, menos as expectativas frustradas. essas são como o mel, o único alimento, dizem que não tem prazo de validade.

Eu preciso ver minha mãe logo.e meu pai também. somente perto deles eu acho que viverei pra sempre.

Um comentário:

Corino Nunes disse...

Tudo.
Nada.

Vida.
Imitação de vida.

Ter expectativa.
Despertar.

Antônimos ou meros completos?