sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

sinto falta de tudo.
sinto falta do cheiro e sabor da comida de minha mãe.
sinto falta de ver o orvalho no capim antes do sol nascer.
tenho saudades de brincar com meu irmão quando ele tinha 4 anos.
sinto falta da minha coleção de brinquedos;
sinto falta de todos os meus primeiros encontros, primeiro beijo e primeira noite com todos que ja amei.
sinto saudade de minha avó e de quando dormia com ela, até ficar adolescente e grande demais pra isso.
tenho muitas saudades do dia 8 de novembro de 2008, no show da minha vida.
sinto falta de ouvir meu pai resmungar sozinho pela casa de madrugada, meio sonambulo e de cuecas.
sinto saudade dos meus cachorros que ja morreram.
sinto falta de ganhar cadernos de desenho e canetas coloridas todo mês do meu pai.
saudade dos meus amigos do Otaklub.
Saudade do tempo que fazia fanzines.
tenho saudade de tudo, de todos.
sinto falta de dizer "eu te amo" (sem medo) pra alguem
sinto saudades do tempo que não me importava com dinheiro e que 10 reais era uma verdadeira fortuna.
sinto saudade do tempo que minha maior preocupação era não perder o final da batalha das 12 casas nos Cavaleiros do Zodíaco.
tenho saudade da minha mãe levando eu e meu irmão na fazenda do meu avô.
Tenho saudade de sair com meus primos no mato e ver eles matando cobras, lagartos e outros monstros.
tenho saudade das medalhas e troféus das feiras de Ciências da quinta a oitava série.
tenho saudade do tempo que participei de um Grupo de teatro sem nunca ter atuado.
sinto falta de ter alguém pra xingar.
sinto saudade da minha professora de Datilografia.
sinto falta da minha mãe aparecer no meu quarto pra ver se tava tudo bem comigo e meu irmão nas noites de relâmpagos e tempestades.
sinto falta do churrasco do meu pai.
sinto falta de criar historinhas baseadas em desenhos animados que gostava.
tenho saudade do primeiro dia que vi o mar.
sinto falta de tanta gente.
sinto falta dos gritos do meus pais para sair da rua.
sinto saudade de ver pornografia escondida com meus vizinhos.
sinto falta de sonhar.
sinto falta de conversar nas praças da minha cidade com meus amigos até as 3 da manhã com fome e sem um pingo de alcool na cabeça.
sinto saudade de andar de bicicleta todas as manhãs pra ir a escola.
sinto saudade de colar nas provas.
sinto falta do tempo que achava que jamais iria morrer.
sinto falta de você. provavelmente.




.

2 comentários:

Mente disse...

Emocionante

Ro disse...

kra, isso foi foda